Novo EP

Confira o lançamento do novo EP do Contratake!

banner
Todo Mundo Vai Morrer

Todo Mundo Vai Morrer

aa5cd5f9-08ec-42aa-9f96-09ee665de3e3

Todo Mundo Vai Morrer

A música de trabalho atual, intitulada “Todo Mundo Vai Morrer”, composta por Paulo Rangel em outubro de 2015, fala sobre a relação do homem com a morte. Com uma sonoridade forte e visceral, o Contratake apresenta esta nova música, em áudio e vídeo como a principal, que dá nome ao EP, contendo 3 faixas. As outras duas, “O Suspeito” e “Mundo Violento”, mais antigas, foram regravadas especialmente para este EP, que é parte de um álbum que terá lançamento em 2017.

O vídeo oficial da música “Todo Mundo Vai Morrer” foi gravado em dezembro de 2016, no Catete, Rio de Janeiro. Sua concepção, definição de filtros e tonalidades, foram idealizados pelos próprios membros, bem como todos os processos de produção das mídias.
A banda contou com muito trabalho e inspiração durante a produção do vídeo clipe. Aguardem mais novidades!

Letra:

“Todo Mundo Vai Morrer”
(P. Rangel – out/2015)

Ei, você! Tá distraído, meu irmão?
Melhor andar na faixa, vê se presta atenção!
Pois a qualquer momento você pode se juntar
Àquelas pessoas que não vão mais respirar

Atropelamento, cigarro, bala perdida
São apenas alguns modos para encerrar a vida
Guerra, doença, ou o que acontecer
A única verdade é que todos vão morrer

Todo mundo vai morrer
Todo mundo vai
Todo Mundo vai morrer
Todo mundo! Todo mundo! Todo mundo!

A maneira de escapar é tentar sobreviver
Mas a hora vai chegar e não dá para correr
Aquele que é rico e aquele que padece
Vai morrer todo mundo que você conhece

Desigualdade, fome, corrupção
Ignorância, abuso, religião
Milhões de motivos para a vida acabar
Pois aproveite, sua hora vai chegar

Todo mundo vai morrer
Todo mundo vai
Todo Mundo vai morrer
Todo mundo!
De Manhã ao anoitecer
Todo mundo vai
Seja eu, seja você
Todo mundo! Todo mundo! Todo mundo! Todo mundo! Todo mundo!

Mulheres, crianças, idosos, milionários, miseráveis
Não seja hipócrita, isso não é nada demais
Mas nunca vire a cara para a vida
Seu tempo pode acabar
E você também vai morrer!

**************

Lyrics:

“Everybody’s Gonna Die”

Hey you! Are you distracted, brother?
Better to walk in the lane, you pay attention!
Because at any moment you can join
To those people who will no longer breathe

Crash, cigarette, stray bullet
These are just a few ways to end life
War, disease, or what happens
The only truth is that everyone will die

Everybody’s gonna die
Everybody goes
Everybody’s gonna die
Everyone! Everyone! Everyone!

The way to escape is to try to survive
But the time will come and you can not run
The one who is rich and the one who suffers
Everybody you know will die

Inequality, hunger, corruption
Ignorance, abuse, religion
Millions of reasons for life to end
So enjoy, your time will come

Everybody’s gonna die
Everybody goes
Everybody is going to die
Everyone!
From dawn to dusk
Everybody goes
Either me or you
Everyone! Everyone! Everyone! Everyone! Everyone!

Women, children, elderly, millionaires, miserable
Do not be hypocritical, this is nothing too much
But never turn a face to life
Your time may end
And you’re going to die too!

Ficha Técnica:
Áudio gravado, mixado e masterizado em © DVR Studio, por Paulo Rangel, entre out. e dez./2016;
Vídeo filmado em Estúdio Quimera de Fotografia, em 10/dez./2016;
Filmagem: Gustavo Cassano;
Direção de Fotografia: Gustavo Cassano e Henrique Barreto;
Edição: Paulo Rangel e João Sanches;
Pós-Produção: João Sanches;
Maquiagem e Figurino: Louise Brauns e Renata Moraes;
Direção: Paulo Rangel

Produzido por Paulo Rangel e Contratake

Agradecimentos:

Daniel Borges – Agradeço o apoio de todos os amigos, principalmente Gustavo Cassano pela contribuição gigantesca, minha família pelo suporte incondicional, e acima de tudo, agradeço a oportunidade de existir e poder escutar música.

Henrique Barreto – Dedico essa obra ao meu sonho e ao sonho de todas as pessoas que seguiram no meu caminho. Em especial aos meus amigos que sempre me incentivaram a continuar trilhando esse caminho, mesmo querendo desistir, também ao grande amigo Gustavo Cassano, que suou a camisa a nos ajudou a fazer essa obra!

João Sanches – Dedico toda essa obra à minha família, especialmente minha mãe por ser a primeira pessoa a me fazer acreditar que era possível. todos os meus mestres musicais que passaram pela minha vida e à Deus pelas oportunidades.

Paulo Rangel – Agradeço aos amigos e fãs que apoiaram a trajetória da banda e aos ex-integrantes, que mantiveram este sonho aceso. Agradeço especialmente ao meu grande amigo pessoal, Gustavo Cassano, por tudo que fez por nós, muito além do esperado e ao meu Mestre, Mayrton Bahia. Agradeço de coração à minha família, principalmente à minha esposa e à minha mãe por possibilitarem minhas conquistas, e à minha filha, que mesmo antes de nascer, sempre foi o verdadeiro motivo disso tudo. Amo vocês! Dedico esta obra em memória dos meus avós maternos.